Buscar
  • larissafpereiraadv

Pensão alimentícia em tempos de pandemia

Olá pessoal! O tema de hoje é: Pensão alimentícia e a pandemia do Coronavirus.

Estamos recebendo muitas perguntas sobre como fica o pagamento da pensão nessa situação excepcional.

Elenquei as principais dúvidas sobre o assunto. Vem comigo para saber mais! 1) Posso parar de pagar a pensão por que fiquei desempregado por causa da pandemia? . A resposta é não. O desemprego não é justificativa para a interrupção do pagamento da pensão. Lembre-se que a criança continua tendo despesas que precisam ser arcadas por ambos os genitores. 2) Posso diminuir o valor da pensão por conta própria? . Não. Caso haja um impossibilidade do pagamento do valor fixado pelo juiz, é necessário a comunicação para o guardião da criança. Tente um acordo extrajudicial, ele pode servir de prova em um futuro processo de cobrança. No entanto, se não houver essa possibilidade, procure um advogado de sua confiança para ingressar com um processo de revisão de alimentos. 3) O pai não está pagando a pensão, o que devo fazer? . Você deverá procurar um advogado de sua confiança para ingressar com um processo de cobrança dos alimentos atrasados (cumprimento de sentença). Desse modo, se após a intimação para o pagamento não for realizado o pagamento, o devedor dos alimentos pode ser preso. Ficou com alguma dúvida? Deixa o seu comentário, nos chame no Direct ou WhatssApp, vamos adorar conversar com você! Gostou do post? Curte, comenta e compartilha!

Até a próxima!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo